Pensamentos Cotidianos, por André L C Ferreira


Tirando dúvidas #1 – Concordância para ‘Águas Passadas’

Posted in concordância verbal,gramática,texto por andre1979 em abril 18, 2008
Tags: , ,

Saudações,

Hoje recebi um comentário muito interessante do Josué. Antes de mais nada, obrigado pelo elogio. Fico contente que você esteja gostando do blog. Sobre sua dúvida, fiz uma pequena pesquisa e estes são os resultados. Acredito que era isto que você queria saber.

A expressão ‘águas passadas’, de acordo com o Manual de Redação e Estilo, de Eduardo Martins, sempre deve ser utilizada no plural. Especificamente, no caso da sua dúvida, o problema seria a concordância do verbo com a expressão, certo? Ainda de acordo com o Manual, a primeira regra de concordância verbal indica que o verbo sempre deverá concordar com o sujeito ao qual se refere. A oração que você me enviou como exemplo era: ‘isso é águas passadas’. Neste caso, a concordância está correta. O sujeito do período é ‘isso’, acompanhado do verbo de ligação ‘é’ e do predicativo do sujeito ‘águas passadas’. Pode parecer estranho que ‘isso’ seja indicado como o sujeito. Se é ‘isso’ que te perturba (perdoe o trocadilho!), o pronome está funcionando como repetição de outro termo que ficou implícito no contexto, suprimindo uma repetição. Vou exemplificar para ficar mais simples:

‘A concordância verbal sempre foi um problema para mim até que descobri a solução. Agora, isso é águas passadas.’

Veja que a concordância é feita entre o sujeito e o verbo, independentemente da expressão seguinte ser singular ou plural. O termo ‘isso’ está se referindo à idéia do problema com a concordância, que estava presente na oração anterior – que é singular, também, como o pronome. Se você quiser usar o verbo no plural, não tem problema. Todavia, será preciso fazer uma adaptação na oração para que não haja problemas de concordância. Devo concordar que fica muito estranho aos olhos o verbo aparecer no singular e o predicativo ser uma forma plural, mesmo sendo uma expressão idiomática ou popular. Apesar de correto, soa estranho mesmo. Nada é perfeito, não é? Para tentar ‘suavizar’ esta estranheza, tentemos o seguinte:

‘As concordâncias sempre foram um problema para mim até que descobri a solução. Agora, estas são águas passadas.’

Melhorou?

Bom, Josué, espero ter ajudado a sanar sua dúvida. Sinta-se livre para comentar ou me mandar um e-mail com suas dúvidas. Terei imenso prazer em ajudá-lo.

Um abraço e até o próximo texto!

Anúncios